13 de mai de 2008

Quando um ato se faz mais forte

"Um pensamento ecoa pelo mundo através dos tempos. Uma atitude ecoa pelos vales em algumas horas", já dizia um filósofo à sua comunidade. De fato ele tinha seus motivos ao dizer isto, mas uma coisa é certa: ele fez os seus ouvintes compreenderem. Seu ato ecoou na mente das pessoas, e assim nasceu a solidariedade.

Escrever em uma folha de papel é simples para quem possui o dom da escrita. Um rei, um presidente, um advogado, um vizinho, nossos familiares... Todos estes (e uma porção de outros) podem registrar suas idéias e vontades, mas nem todos são capazes de realizar as mesmas. Pensadores existem aos montes, mas os ativistas são poucos. Uma pena, já que estes são verdadeiros guerreiros. Quem está sentindo fome ou frio nos dias de hoje não carece de idéias, mas sim de ajuda, esta que falta e se faz necessária para termos um mundo um pouco mais justo.

Justiça seja feita aos ativistas. A verdadeira política do "fala pouco, mas faz muito" se faz presente, e vamos torcer para que aumente este número de pessoas capazes de ser solidárias e realizar algo por seu semelhante. Não, não vamos torcer. Vamos fazer alguma coisa, e aí quem sabe registraremos os nossos feitos, ao invés de simples pensamentos.